Arquivo da categoria: Geral

Bifes de Vitela com Abóbora e Gengibre

bifes abobora gengibreBifes de Vitela com Abóbora e Gengibre

Para este prato precisamos do seguinte;

  • 4 bifes de vitela
  • 1 vagem de baunilha
  • azeite
  • sal grosso e pimenta
  • 1 pedaço de gengibre fresco
  • 400 g de abóbada limpa
  • molho de soja e tomate cereja

Esfregue os bifes com a vagem de baunilha cortada e grelhe-os numa frigideira grelhadora com um fio de azeite. Tempere, no final, com sal grosso e pimenta. Bata  4 c. ( sopa) de azeite com um pouco de gengibre ralado e reserve. Corte a abóbora aos cubinhos e  cozinhe numa frigideira com um pouco de  azeite e molho de soja. Enforme a abobora, já nos pratos, utilizando um aro de cortar bolachas. Desenforme os pudins e sirva-os com os bifes regados com o molho que reservou. Decore com tomate cereja

Formas de sardinha com Tomate e manjericão

Formas de sardinha com Tomate e manjericão

ingredientes;

  • 400 g de sardinhas frescas
  • 50 g de pão cacete
  • 20 g de manjericão
  • 3 tomates
  • sal e pimenta
  • azeite

Amanhe, rejeite as cabeças, lave e abra as sardinhas em livro, sem separar os filetes.Tempere ligeiramente com sal e pimenta. Corte às fatias o tomate. Triture o pão com a varinha mágica juntamente com as folhas de manjericão e um pouco de sal e de pimenta. Adicione, em fio 6c. (sopa) de azeite sem parar de bater. Pincele com azeite pequenas formas redondas com cerca de 10 cm de diâmetro. Prepare camadas alternadas de filetes de sardinha, rodelas de tomate e creme de pão e manjericão. Leve ao forno pré aquecido a 180º C, 15 minutos.

Papas de Sarrabulho

É nesta altura do ano que se comem as tradicionais Papas de Sarrabulho. Há muita gente que gostaria de as fazer e não sabem como. Serão tanto melhores quanto a maior variedades de carnes.

Ingredientes

  • 1/2  Kg de carne de vaca
  • 1/2  kg de pernil de porco fumado
  • 1/2  kg de barriga de porco ( salmoura )
  • 1 salpicão
  • 1 chouriço
  • Peito e cochas de 1 galinha
  • Sal,salsa,pimenta, cominhos, oregãos, cravinho.
  • sangue de porco q.b.
  • 15 pães do dia anterior

As carnes são cozidas de preferência numa panela de pressão. Na água são colocados os temperos acima mencionados ou acrescentando algum a seu gosto. Depois das carnes bem cozidas desfiar e por de lado. Acrescenta-se mais água na panela e coloca-se aos bocados o pão (trigo) recesso. Uma vez o trigo bem desfeito na água colocam-se as  carnes, rectificam-se os temperos e deixa-se ferver mexendo sempre. Deita -se o sangue desfeito num pouco de água ( mais ou menos sangue conforme as queira mais escuras ou mais claras). Depois de prontas tiram-se para uma terrina e polvilha-se com cominhos.

Vieiras de Peixe à ” Terra Nostra “

Vieiras de Peixe à ” Terra Nostra “

Ingredientes:

  • 300 g de peixe variado
  • 150 g de amido de milho Maizena
  • 15 g de manteiga
  • 1 colher de sopa de azeite
  • 1/2 l de leite
  • 1 colher de sopa de natas
  • 1 pitada de noz moscada
  • 3 colheres de sopa de polpa de tomate
  • 2 colheres de sopa de ketchup
  • 1 colher de sopa de salsa
  • 3 colheres de sopa de queijo ralado
  • 1 colher de sumo de limão
  • 3 folhas de tomilho
  • 1 ovo
  • Pimenta branca, piripiri, sal q.b.

Coloca-se o tacho ao lume com a manteiga a derreter. Em seguida o azeite. Adiciona-se o amido de milho de Maizena, envolvendo. Aos poucos, junta-se o leite, as natas a polpa de tomate, o ketchup, para que fique com cor de salmão, formando um bechamel espesso. Tempera-se com a pimenta branca, piripiri, sal, uma gema de ovo, limão. Mistura-se com lascas de peixe ( de preferência assados – ex. pargo, cherne, etc., peixes de consistencia dura ), salsa, tomilho e ovo cozido picado grosseiramente. Em seguida envolvem-se, sem desfazer, as lascas de peixe e, por fim, deita-se dentro das cascas de vieiras ou de recipientes de pirex. Polvilha-se com queijo, pão ralado, indo ao forno, previamente aquecido a 200º, durante 20 minutos.

Estando corado, retira-se do forno e serve-se quente.

Creme de Cogumelos

Creme de Cogumelos é um creme que escolhi hoje para o jantar. Precisamos dos seguintes ingredientes:

  • 400 g de cogumelos
  • 1 colher de sopa de amido de Maizena
  • 3 cebolas médias
  • 1 litro de leite
  • 60 g de manteiga
  • 1 dl de natas
  • 1 colher de café de pimenta
  • 2 gemas de ovos
  • 1 colher de sopa de vinagre
  • Sal grosso q.b.

Lavam-se os cogumelos em água corrente e deixam-se, durante pelo menos 20 minutos, dentro de um recipiente com 2 litros de água e o vinagre. Voltam a lavar-se bem em duas ou três águas. Põem-se em lume brando a cozer em leite, com as cebolas cortadas em meias luas, durante 30 minutos. Depois de cozidos, retiram-se 12 cogumelos que se laminam e se guardam. O restante, desfaz-se com o triturador e passa-se pelo chinês ou outro passador de rede fina. Volta ao lume brando, com o amido de milho Maizena desfeito num pouco de leite, a nata e a manteiga levemente batidas com as gemas de ovo, mexendo sempre. Deixa-se fervilhar durante 10 minutos e tempera-se de sal e pimenta

Serve-se quente, distribuindo pelos pratos os cogumelos laminados.

SOPA DO MAR

O que querem para hoje?  Vai então uma sopa do mar. Faz bem e não engorda.

Ingredientes:

  • 4 cebolas médias
  • 2 alhos franceses
  • Maizena Express Molhos
  • 150 g de margarina
  • 2 cubos de caldo peixe Knorr
  • 4 tomates pelados
  • Camarão cozido e coentros q.b.

Coza em 1.5 l de água as 4 cebolas cortadas em lascas e o alho francês em rodelas fininhas. Ferva cerca de 1 Kg de cabeças de camarão em um litro de água, rale  com a varinha e passe pelo chinês. Quando a cebola e o alho estiverem cozidos, junte o tomate pelado cortado em cubinhos, a margarina e o caldo de peixe. Acrescente o caldo de camarão e deixe ferver durante 10 minutos. Tempere de sal e engrosse com maizena Express Molhos até obter uma boa textura. Coloque em cada prato 2 tostinhas de pão, os coentros picados e algum camarão. Verta a sopa do mar e sirva.

Sopa de Espargos Bravos

Uma sopa cai sempre muito bem em qualquer altura do ano.

Vamos lá experimentar a sopa de Espargos Bravos

  • 1 molho de espargos bravos
  • 3 colheres de amido de milho maizena
  • 2 dentes de alho
  • 1 cebola pequena
  • 1 folha de louro
  • 0.50 dl azeite
  • 3 ovos

Migam-se os espargos miudamente e escaldam-se 2 ou 3 vezes com água fervente, para ficarem macios e lhes tirar o amargo. Refogam-se com o azeite, os alhos e a cebola, picadinhos miúdos, e a folha de louro. Acrescenta-se o caldo para que seja suficiente e,depois de ferver um bocadinho,engrossa-se com o amido de milho Maizena . Finalmente, juntam-se os ovos , batidos à parte , e deixa-se cozer com lume brando.

Seja bem-vinda!

Olá,

Eu sou a Rosa Maria, casada, e tenho 2 filhos.

Para estar aqui a partilhar convosco algumas iguarias, foram precisas 3 coisas:

1º – O gosto pela cozinha;

2º – Alguma disponibilidade causada pela redução do meu horário de trabalho por força da crise que de todos é conhecida;

3º – Aquela que terá sido a principal. A força anímica do meu filho mais novo que, aproveitando os conhecimento das novas tecnologias, fez tudo por tudo para que eu pudesse dar a conhecer-vos algumas das receitas que no meu dia a dia ponho em prática na minha mesa.

A maioria delas são muito fáceis de confeccionar e são económicas.

Qualquer um(a) de vós, tantas vezes com tão pouco tempo para fazer o almoço ou o jantar podereis encontrar aqui algumas das soluções para ultrapassar esse problema.

Depois de as experimentardes, gostaria de conhecer os vossos comentários.

Porque não começar por um dos mais rápidos, económicos e deliciosos.

Você vai ver no próximo post.

Related Posts with Thumbnails